PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Wuling Hong Guang: veja o novo micro carro elétrico da GM vendido na China

Wuling Hong Guang MINI - Divulgação
Wuling Hong Guang MINI Imagem: Divulgação
do UOL

Do UOL

Em São Paulo (SP)

25/09/2020 11h34

O novo Wuling Hong Guang MINI é o maior expoente de um novo segmento que tem se destacado na indústria automotiva chinesa: carros pequenos, básicos e baratos. O modelo não tem airbags, possui ar-condicionado como opcional e tem uma autonomia de apenas 200 km por conta de uma bateria menor.

Mesmo assim, o carro - lançado em julho - vendeu 15 mil unidades até agosto, se tornando o veículo elétrico mais vendido do mês na China, à frente do Model 3 da Tesla.
O preço também ajuda: o carro parte de 28.800 renminbis (aproximadamente R$ 23.495), sendo - em sua versão mais básica - o mais barato do país. O Model 3 é vendido por pouco menos de dez vezes o custo do modelo.

Entretanto, pode ser que o Wuling Hong Guang MINI não tenha vida longa, já que em 2019 o governo chinês cortou subsídios para carros elétricos com pouca autonomia de energia. Porém, algo joga a seu favor: o maior interesse no veículo do lado da montadora é a geração de créditos verdes, que podem ser usados para compensar créditos negativos de marcas com linhas de SUVs maiores como Buick, Chevrolet e Cadillac.

"Vender micro elétricos na China faz mais sentido este ano", disse um oficial de planejamento de produto de uma marca rival da GM à agência Reuters.

"Os subsídios tornaram-se um fator menos importante de precificação, pois o governo já cortou muito, enquanto os créditos verdes devem ficar mais caros".

A GM espera que elétricos representem mais de 40% de seus novos lançamentos na China nos próximos cinco anos.

Notícias