PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Ibovespa futuro recua com exterior negativo

06/08/2020 09h30

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa futuro com prazo mais curto recuava na manhã desta quinta-feira, acompanhando mau humor nos mercados acionários no exterior, enquanto a pauta doméstica incluía redução da Selic a 2% e alta na taxa de desemprego para 13,3%.

Da temporada de balanços trimestrais, o destaque fica para o resultado de Banco do Brasil , com queda de 25% no lucro líquido recorrente, para 3,3 bilhões de reais, em meio ao aumento das provisões para quase 6 bilhões de reais.

Por volta das 9:15, o contrato do Ibovespa com vencimento em 12 de agosto cedia 0,68%, a 102.245 pontos.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central cortou na quarta-feira a taxa básica de juros em 0,25 ponto, em linha com expectativa majoritária do mercado, e manteve a porta aberta para novos ajustes à frente.

Nesta sessão, mais cedo, o IBGE divulgou que a taxa de desemprego no Brasil ficou em 13,3% nos três meses até junho, de 12,9% no trimestre encerrado em março.

No exterior, os futuros acionários norte-americanos recuavam em meio a movimentos mais cautelosos antes do relatório semanal de pedidos de auxílio-desemprego, enquanto aguardam novidades sobre um novo projeto de estímulo fiscal nos EUA.

Os preços do petróleo também recuavam de máximas de cinco meses nesta quinta-feira, com um sentimento baixista sobre a demanda por combustíveis minando o apoio do dólar fraco e da queda nos estoques norte-americanos de petróleo.

Notícias