PUBLICIDADE
Topo

Apesar do ceticismo de Trump, Melania recomenda o uso de máscaras

15/07/2020 00h16

Washington, 14 jul (EFE).- A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, pediu nesta terça-feira para que os americanos continuem a usar máscaras nos meses de verão, mensagem que contrasta com o ceticismo habitual do marido, o presidente Donald Trump, em relação ao equipamento de proteção.

"Mesmo nos meses de verão, por favor, lembre-se de usar algo que cubra o rosto e pratique o distanciamento social. Quanto mais cautelosos formos agora, mais saudável e seguro poderá ser este país no outono", escreveu a primeira-dama no Twitter.

Melania também compartilhou uma foto na qual aparece usando uma máscara branca, dois dias depois de publicar um vídeo no qual também usava uma máscara durante uma visita a um centro comunitário para mulheres e crianças carentes em Washington.

Esta não é a primeira vez que Melania Trump pede aos americanos para que cubram o nariz e a boca em público: no início de abril, ela aconselhou nas redes sociais que os cidadãos levem "a sério o uso de uma máscara ou proteção facial.

O pedido contrasta com a relutância de Trump em espalhar a mesma mensagem: o presidente insistiu que a decisão de usar ou não uma máscara é "voluntária", e ele nunca tinha aparecido em público usando uma até o sábado passado, quando utilizou o equipamento para visitar o hospital militar Walter Reed.

O presidente disse na ocasião que as máscaras "têm uma hora e um lugar" e que concordou em usar a proteção porque estava visitando um hospital, mas que não necessariamente fará o mesmo em outras circunstâncias. EFE

llb/vnm

Notícias