PUBLICIDADE
Topo

Blogueiro bolsonarista preso por 10 dias se filia ao PTB

A filiação foi comemorada em almoço com outros membros do partido - Reprodução
A filiação foi comemorada em almoço com outros membros do partido Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

08/07/2020 17h42

Oswaldo Eustáquio, o blogueiro bolsonarista preso no dia 26 de junho em inquérito que investiga atos antidemocráticos, se filiou hoje ao PTB (Partido Trabalhista Brasileiro).

O anúncio foi feito pelo presidente do partido, Roberto Jefferson, no Twitter. Ele postou um vídeo de outros membros do PTB comemorando a filiação em um almoço com Eustáquio, cantando o hino do Botafogo.

"O jornalista Osvaldo Eustáquio se filiou ao PTB. Sua filiação [foi] festejada num almoço, ao som do hino do glorioso Botafogo", escreveu Jefferson na rede social.

As imagens mostram pelo menos nove pessoas almoçando juntas, algumas a menos de um metro de distância, contrariando as recomendações da Organização Mundial da Saúde de prevenção ao coronavírus. O garçom é a única pessoa usando máscara no vídeo.

Oswaldo Eustáquio foi solto no último dia 5 por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do STF. A decisão impôs algumas restrições, como a obrigação de não deixar Brasília e a proibição do uso das redes sociais.

"Eu saí da cadeia, mas o ministro Alexandre de Moraes (relator do processo) me deu uma cautelar proibindo de utilizar qualquer rede social. As minhas redes sociais são um meio de comunicação. Estou com uma mordaça na minha boca. Os meus advogados tentarão vencer essas restrições. Não teve processo em primeira ou segunda instância, foi direto para a Suprema Corte. Pegaram meu celular, meus computadores, tiraram tudo de mim. A única coisa que eu tenho é a minha voz e a minha voz eles não vão poder calar", afirmou em entrevista à rádio Jovem Pan.

Notícias