PUBLICIDADE
Topo

Merkel volta à Chancelaria, após fim de sua quarentena

03/04/2020 08h10

Berlim, 3 Abr 2020 (AFP) - A chanceler alemã, Angela Merkel, concluiu nesta sexta-feira (3) sua quarentena de 14 dias em sua residência em Berlim e foi à Chancelaria, depois de dar negativo em três testes do novo coronavírus - declarou o porta-voz do governo, Steffen Seibert.

"A chanceler volta hoje (sexta) a seu lugar de trabalho", mas continua liderando o país por videoconferência, afirmou Seibert, em entrevista coletiva.

Em 22 de março, a chanceler, de 65 anos, decidiu se isolar, depois de ter estado em contato dois dias antes com um médico que foi contaminado pelo vírus.

Desde então, Merkel fez três testes de detecção do novo coronavírus, e todos deram negativo. Ainda assim, decidiu se colocar em quarentena, em casa, por 14 dias.

Em um pronunciamento, a chanceler, no poder desde 2005, admitiu que o confinamento era difícil, sem poder estar em contato direto com seus ministros e conselheiros.

Desde o início da crise na Alemanha, Merkel viu sua popularidade melhorar, já que uma parte da população está satisfeita com a gestão da epidemia. O país tem registrado menos mortos do que nos demais Estados europeus.

Nesta sexta, o Instituto Robert Koch, responsável pelo controle da epidemia, anunciou que as medidas de restrição impostas na Alemanha até 19 de abril estão dando resultado e começam a conter a propagação da COVID-19.

A Alemanha conta com 79.696 casos oficialmente declarados (+6.174 em 24 horas) e 1.017 mortos, segundo o Instituto Robert Koch.

fcz/mat/thm/es/bl/tt

Notícias