PUBLICIDADE
Topo

China confirma 2ª morte por coronavírus fora da origem da epidemia

Médico atende paciente com pneumonia causada por novo coronavírus no hospital da Universidade de Wuhan -
Médico atende paciente com pneumonia causada por novo coronavírus no hospital da Universidade de Wuhan

24/01/2020 02h01

A China confirmou nesta sexta-feira uma segunda morte pelo novo coronavírus fora da zona considerada o epicentro da epidemia.

O óbito ocorreu em Heilongjiang (nordeste), uma província na fronteira com a Rússia, a mais de 1.800 km de Wuhan (centro), onde surgiu a nova epidemia de pneumonia viral.

O outro caso fora de Wuhan foi registrado em Hebei, província em torno de Pequim.

Na quinta-feira, a China elevou para 25 mortos e 830 casos o balanço da epidemia provocada por um misterioso vírus, segundo dados da Comissão Nacional de Saúde. As autoridades examinam também 1.072 casos suspeitos do vírus, acrescenta a fonte.

Dos 830 casos, 177 são considerados graves, segundo a comissão, enquanto 34 pacientes estão "curados" e já receberam alta.

Os novos números foram divulgados logo após a Organização Mundial de Saúde (OMS) decidir não declarar uma emergência internacional por este novo coronavírus.

A China confinou nas últimas horas cerca de 20 milhões de pessoas na região de Wuhan, onde surgiu o novo vírus e que começou a se espalhar pelo mundo, gerando mobilização das autoridades sanitárias internacionais.

Desde as 10h (horário local), nenhum trem ou avião deixou Wuhan, metrópole de 11 milhões de habitantes situada no centro da China. Os pedágios nas saídas da cidade estão fechados.

Sinal da preocupação, a Cidade Proibida de Pequim, o antigo palácio dos imperadores, anunciou seu fechamento até nova ordem, para evitar qualquer risco de contaminação entre os visitantes.

Notícias