Topo

Onix Plus: donos já entregam carros à GM sem saber quando serão devolvidos

do UOL

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo

08/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Concessionárias relatam que carro reserva é disponibilizado em 24 horas
  • Porém, recall não começou e atualização de software ainda não está disponível
  • Caso de incêndio do sedã no Maranhão motivou recall para todas unidades vendidas
  • Procon-SP envia hoje notificação à GM cobrando esclarecimentos
  • Carro reserva disponibilizado pode ser Onix ou Prisma "antigo"

Ontem, um dia após a General Motors confirmar que fará recall de todas as mais de 8,7 mil unidades já comercializadas do novo Chevrolet Onix Plus, por conta de risco de incêndio, a empresa já começou a entrar em contato com os proprietários, mesmo antes de iniciar oficialmente a campanha preventiva.

Em consulta a concessionárias, UOL Carros soube que a orientação é de que os clientes levem seus veículos o quanto antes para efetuar o reparo, porém com um detalhe: a solução do defeito, que consiste em atualizar o software de gerenciamento do motor, ainda não está disponível e não há prazo para que o problema seja corrigido.

Até que os carros sejam reparados, informaram funcionários, a GM vai disponibilizar um carro reserva, fornecido por locadora, em um prazo inicialmente previsto de 24 horas. Porém o veículo não será do mesmo nível que o do Onix Plus e sim um modelo "padrão" previsto no plano Chevrolet Road Service - que pode ser um Onix ou Prisma de primeira geração.

No site da fabricante, a companhia informa que o "veículo emergencial" disponível para reparos superiores a três dias traz motor 1.0, direção hidráulica e ar-condicionado e é "preferencialmente" da marca Chevrolet.

"É preciso que o cliente leve o Onix Plus para a concessionária onde foi adquirido, caso ela disponha de oficina. Após 24 horas, entramos em contato para informar o local e o horário para retirada do carro reserva, fornecido por locadora e sem custo ao cliente. Não temos previsão de quando o serviço será concluído nem de qual modelo será disponibilizado como reserva", disse um funcionário para a reportagem.

Ainda de acordo com atendentes consultados, os custos para deslocamento até a concessionária e, depois, até a locadora para a retirada do veículo sobressalente devem ser arcados pelos clientes.

UOL Carros também conversou com vendedores e confirmou que o Onix Plus segue à venda, apesar de também não haver uma previsão de quando o sedã será entregue. "Atualmente tenho duas entregas pendentes, de carros já vendidos, mas não tenho como informar uma data aos compradores. É uma pergunta que os clientes fazem e não consigo responder", disse um funcionário.

Procon cobra explicações

Segundo Carlos César Marera, diretor de fiscalização do Procon-SP, o órgão de defesa do consumidor envia hoje uma notificação à General Motors para solicitar esclarecimentos a respeito do defeito, como quando e como ele foi detectado, quantidade exata de veículos envolvidos e o tempo médio do reparo.

A montadora já comunicou a necessidade de recall à Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor e tem 15 dias de prazo, contados a partir de anteontem, para iniciar de fato a campanha preventiva, com veiculação em veículos de mídia e comunicação individual de cada cliente afetado.

"É um caso grave, mas tem de levar em conta a boa-fé da montadora, que obviamente está apenas cumprindo sua obrigação legal em relação a um defeito que coloca em risco a integridade física e até a vida do consumidor", avalia.

Marera diz que os clientes que se sentirem lesados podem até solicitar a devolução do veículo e seu dinheiro de volta, embora o Código de Defesa do Consumidor não preveja esse direito. "Não há essa obrigatoriedade de devolver o dinheiro. Porém, é possível tentar um entendimento com a General Motors. Caso não haja um consenso, é dá para recorrer à Justiça.

O diretor do Procon-SP lembra, ainda, que pode haver consumidores que residem longe da concessionária e outros que dependem do veículo para trabalhar, que podem se sentir lesados e buscar ressarcimento via judicial.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Notícias