Topo

Loja de departamento Macy's deixará de vender produtos de couro

22/10/2019 22h51

Nova York, 22 out (EFE).- A rede de lojas de departamento Macy's informou nesta terça-feira que, após dois anos de estudos e pedidos dos consumidores, deixará de vender produtos de couro ao fim do ano fiscal de 2020.

"Nos últimos dois anos, acompanhamos de perto as tendências dos consumidores e das marcas, ouvimos nossos clientes e pesquisamos alternativas ao couro", disse a empresa, que revelou ter tido várias reuniões com a organização de defesa dos animais Humane Society.

A decisão da Macy's, que tem 680 lojas, além de outras 43 que pertencem à marca Bloomingdales, segue anúncios similares feitos por marcas como Gucci e Michael Kors.

"Além disso, o estado da Califórnia proibiu no último dia 14 de outubro a venda de roupas e acessórios feitas com alguns tipos de materiais.

"Expandir essa prática para todas as Macy's é um passo natural", disse o presidente e diretor-executivo do grupo, Jeff Gennette, em comunicado.

A Humane Society elogiou a decisão da Macy's e pediu que outras companhias sigam o mesmo caminho.

"Com tantos estilistas, cidades importantes e agora um estado tomando posição contra a venda de peles, estamos muito mais perto de pôr fim a esta prática desnecessária e desumana", afirmou a presidente da ONG, Kitty Block. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias