Topo

Netanyahu inaugura colônia com nome de Donald Trump

17/06/2019 17h55

BRUCHIM, 17 JUN (ANSA) - O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, inaugurou um novo assentamento judaico batizado de "Colina Trump", localizado nas Colinas de Golã, em homenagem ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A aprovação para estabelecer uma colônia com o nome do norte-americano no território controlado pelo país desde 1967 foi realizada durante reunião de gabinete extraordinária neste domingo (16).   

Na ocasião, Netanyahu agradeceu Trump por romper com a comunidade internacional para reconhecer a soberania israelense sobre a região. "Estamos orgulhosos por termos a oportunidade de estabelecer um novo assentamento e agradecer a um grande amigo", disse.   

O local ficou batizado como "Ramat Trump", ou "Colinas de Trump" em hebraico. A data da homenagem foi classificada pelo premier como "um dia histórico". As colinas de Golã, que foram tomadas por Israel da Síria durante a Guerra dos Seis Dias em 1967 e anexadas em 1981, são consideradas um território ocupado ilegalmente, que não é reconhecido pelas Nações Unidas e por grande parte da comunidade internacional.   

No entanto, para Netanyahu, a inauguração de uma nova colônia, "o que não acontece há muitos anos, irá impulsionar o desenvolvimento das Colinas".   

Por fim, Netanyahu agradeceu o republicano por tomar várias decisões pró-Israel. "O presidente Trump volta a mostrar seu compromisso com a segurança e o futuro de Israel", disse, lembrando que o presidente transferiu a embaixada dos Estados Unidos de Tel Aviv para Jerusalém em maio de 2018. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Notícias