Topo

Forças curdas anunciam o fim do "califado" do Estado Islâmico na Síria

2019-03-23T05:20:00

23/03/2019 05h20

Damasco, 23 mar (EFE).- As Forças Democráticas Sírias (FSD), uma aliança armada liderada por curdos, anunciaram neste sábado a derrota territorial do califado autoproclamado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI) na Síria.

O porta-voz das FSD, Mustafa Bali, escreveu em sua conta no Twitter o anúncio da "eliminação total do califado autoproclamado" em 29 de junho de 2014 na cidade de Mossul.

"As Forças Democráticas Sírias declaram a total eliminação do califado autoproclamado e a derrota territorial do Estado Islâmico. Neste dia único, lembramos os milhares de mártires cujos esforços fizeram possível esta vitória", afirmou o porta-voz.

O anúncio das FSD aconteceu horas depois que a Casa Branca proclamasse a vitória contra o EI, embora ainda continuassem os combates em Al Baguz, última cidade que era controlada pelos jihadistas, localizada a poucos quilômetros da fronteira com o Iraque.

As FSD expulsaram o EI da maioria do nordeste da Síria, incluindo Al Raqqa, a capital de fato do "califado", que foi conquistada em outubro de 2017 após quatro meses de combates.

A campanha militar do FSD foi retomada em setembro de 2018 e se desenvolveu lentamente, especialmente no último mês, devido à presença de milhares de civis em Al Baguz.

Apesar da queda, o EI ainda tem presença "residual" em várias regiões do Iraque e em zonas do deserto da Síria, segundo um mapa divulgado nesta semana pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elaborado por uma agência de inteligência americana. EFE

Mais Notícias