Topo

Um bebê morto e oito desaparecidos em um naufrágio na Líbia

2019-03-19T18:29:00

19/03/2019 18h29

Trípoli, 19 Mar 2019 (AFP) - Um bebê morreu e pelo menos oito outros migrantes estão desaparecidos após o naufrágio de um barco na costa da Líbia nesta terça-feira (19), informou uma autoridade do país africano.

Vinte e sete migrantes estavam a bordo de um barco de madeira que afundou em frente à cidade de Sabratha, 70 quilômetros a oeste de Trípoli, segundo Basem al-Gharabli, chefe do escritório local para combater a imigração ilegal.

Gharabili disse que baseou sua estimativa nos testemunhos dos 18 sobreviventes.

A Guarda Costeira da Líbia, alertada por pescadores, ajudou 18 migrantes - incluindo sete mulheres - que tentavam cruzar o Mediterrâneo para a Itália, explicou sem poder especificar suas nacionalidades.

O escritório da Organização Internacional para as Migrações (OIM) na Líbia disse que 15 sobreviventes foram hospitalizados. Alguns sofrem fraturas, ele escreveu em sua conta no Twitter.

A OIM informou que não havia "nenhuma estimativa do número de migrantes a bordo" do navio.

A Líbia, um país politicamente e economicamente instável, é um ponto de trânsito para milhares de migrantes africanos que sonham em chegar à Europa.

Centenas morrem a cada ano atravessando em condições extremas o Mediterrâneo em direção à Itália, localizado a 300 quilômetros por mar.

Mas graças a acordos controversos alcançados na Líbia e a decisão de Roma de fechar seus portos para os navios que ajudam os migrantes no mar, a Itália teve uma queda drástica no número de chegadas a suas costas desde meados de 2018.

Quase 350 migrantes desembarcaram na Itália este ano, em comparação com 6.161 no mesmo período do ano passado.

bur-ila/tp/ra/al/ap/cc

Mais Notícias