Topo

México voltar a ter livre-comércio de automóveis com o Brasil

2019-03-19T19:48:00

19/03/2019 19h48

México, 19 Mar 2019 (AFP) - O governo do México anunciou nesta terça-feira que o livre-comércio de automóveis com o Brasil será retomado, ao entrar em vigor um acordo elimina as cotas de importação que tinha sido pactuado os dois países.

"Em relação ao Brasil, o livre-comércio em carros leves entrará em vigor a partir de 19 de março de 2019", disse em comunicado a Secretaria da Economia do México.

O comércio de automóveis entre os dois países é regido pelo Acordo de Complementação Econômica Número 55 (ACE), um pacto comercial que entrou em vigor em 2003 e que foi eliminando tarifas no setor automotivo até chegar ao livre-comércio.

Contudo, Brasil e posteriormente Argentina pediram em 2012 para estabelecer cotas para a exportação de automóveis do México - isto é, uma quantidade limitada de carros poderia ser enviada -, diante de um aumento das exportações mexicanas.

Os três países acordaram estabelecer essas cotas e voltar ao livre-comércio em 2015, medida que mais tarde foi adiada até março deste ano.

O México disse que acordou com a Argentina ampliar as cotas de exportação nos próximos três anos, para depois chegar ao livre-comércio de veículos.

"Uma vez concluído este período de transição, o livre-comércio de carros entrará em vigor", acrescentou a Secretaria de Economia.

O governo mexicano disse que o comércio bilateral no setor automotivo com a Argentina alcançou 817 milhões de dólares em 2018 e 4,68 bilhões de dólares com o Brasil.

O México é um dos maiores exportadores de automóveis do mundo, com 80% da produção destinada aos Estados Unidos, seu maior parceiro comercial.

yug/gma/ll

Mais Notícias