PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Tremor de magnitude 6,1 deixa 40 feridos na costa norte do Peru

Presidente do Peru, Pedro Castillo, foi visitar vítimas do terremoto - Reprodução/Twitter @pedrocastillote
Presidente do Peru, Pedro Castillo, foi visitar vítimas do terremoto Imagem: Reprodução/Twitter @pedrocastillote

30/07/2021 21h40

Um tremor de 6,1 graus de magnitude sacudiu nesta sexta-feira (30) a costa norte do Peru, deixando 40 feridos e danos em cerca de 200 casas e quatro templos, o que levou o presidente recém-empossado, Pedro Castillo, a visitar o local.

O tremor foi registrado às 12h10 locais (14h10 de Brasília), com epicentro 12 quilômetros a oeste da cidade de Sullana, na região de Piura (norte), na fronteira com o Equador, a 36 km de profundidade, segundo o Instituto Geofísico.

"O sismo de magnitude 6,1 deixa até o momento mais de 40 feridos, três deles com gravidade", disse José Nizama, diretor de Saúde de Piura, citado pela agência estatal Andina.

Ele afirmou que entre os feridos há uma mulher grávida e outras pessoas que sofreram fraturas ao cair dos muros de suas casas.

O presidente Castillo, que assumiu o comando na quarta-feira, e seu chefe de gabinete, Guido Bellido, viajaram para o local de Lima para inspecionar os danos e agilizar a ajuda às duas cidades mais afetadas, Sullana e Piura.

"Como autoridade, assistimos na coordenação de ações imediatas de que podem precisar o povo nortista. Nossa prioridade é salvaguardar a integridade todos os cidadãos", tuitou Castillo.

Muitos dos moradores das cidades de Sullana, Talara e Tumbes foram às ruas preventivamente, segundo a imprensa local.

"Sentiu-se muito forte", disse à rádio limenha RPP Teresa Lama de Sullana, cidade situada 1.000 km ao norte da capital peruana.

A Direção de Hidrografia e Navegação da Marinha de Guerra do Peru descartou que o sismo provoque uma tsunami.

Segundo a Defesa Civil, houve danos em 187 residências e em pelo menos quatro templos.

Na catedral da cidade de Piura, construída em 1588 e declarada monumento histórico, houve alguns desabamentos parciais na fachada, reportou a agência estatal Andina.

Vinte e quatro pessoas tiveram que ser alojadas em barracas, segundo a Defesa Civil.

Na costa de Piura ficam alguns dos balneários mais turísticos do país, entre eles Máncora, mas a região também é grande produtora agrícola.

O Peru é sacudido anualmente por pelo menos uma centena de sismos perceptíveis para a população, pois está situado no chamado Cinturão de Fogo do Pacífico, uma área de ampla atividade sísmica que se estende ao longo da costa oeste do continente americano.

Notícias