PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
2 meses

Duas novas regiões da China registram focos de Covid (autoridades)

30/07/2021 23h39

Pequim, 31 Jul 2021 (AFP) - O pior surto do novo coronavírus registrado pela China nos últimos meses se estendeu a duas novas regiões do país. Uma delas abriga uma cidade de 31 milhões de habitantes, anunciaram autoridades sanitárias neste sábado.

A Comissão Nacional de Saúde informou que foram detectados 55 novos casos no país, na província de Fujian e em Chongqing, de 31 milhões de habitantes, bem como em Pequim e nas quatro províncias onde já haviam sido reportadas infecções pela variante delta.

Mais de 200 casos no país têm relação com um surto na província de Jiangsu, onde nove funcionários do setor de limpeza do aeroporto internacional da cidade de Nanjing testaram positivo no último dia 20. Autoridades de Nanjing decretaram neste sábado o fechamento das atrações turísticas e culturais, após o aumento do número de casos.

Centenas de milhares de pessoas foram confinadas na província de Jiangsu. Os 9,2 milhões de habitantes de sua capital, Nanjing, foram submetidos a dois testes de diagnóstico.

A cidade turística de Zhangjiajie, na província de Hunan, onde várias pessoas infectadas assistiram a uma peça de teatro, confinou seu 1,5 milhão de habitantes e fechou as atrações turísticas, segundo nota oficial.

No distrito Changping de Pequim, 41.000 pessoas foram confinadas após a detecção de dois casos de contágio local, de acordo com as autoridades da capital. Essas infecções são os primeiros casos de transmissão local em Pequim em seis meses.

O surto é o mais amplo geograficamente na China em meses e desafia os esforços agressivos do governo para conter o vírus com exames de diagnóstico em larga escala, confinamentos e rastreamento de casos.

lxc/jah/af/rsr/lb

Notícias