PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Castillo terá opositora moderada como líder do Congresso peruano

26/07/2021 18h29

Lima, 26 Jul 2021 (AFP) - A advogada de centro direita María del Carmen Alva foi eleita nesta segunda-feira (26) nova líder do Congresso do Peru, dois dias antes de o esquerdista Pedro Castillo ser empossado na Presidência.

A chapa encabeçada por Alva, do partido Ação Popular, derrotou por 69 votos a 50 a liderada pelo almirante reformado da direita radical Jorge Montoya.

Uma terceira chapa, que incluía um legislador do partido Peru Livre, de Castillo, não conseguiu participar da disputa devido a formalidades.

"Neste momento [de polarização] que o país vive, invoco-os à unidade. Expresso nossa disposição junto ao governo dentro de um âmbito de diálogo respeitoso para juntos enfrentarmos os desafios presentes", disse Alva, de 54 anos.

"Terminemos com o conflito de poderes" do último quinquênio, que levou à renúncia ou à destituição de três presidentes desde 2016, acrescentou Alva, que na quarta-feira colocará a faixa presidencial em Castillo.

Ela destacou que "a fragmentação do Congresso nos obriga a resgatar um dos princípios básicos, o respeito a todas as minorias. Nenhum dos que estamos aqui representamos uma maioria".

Dez partidos têm assentos no novo Congresso peruano, cujos 130 membros foram empossados na sexta-feira. As maiores bancadas são do Peru Livre (37 assentos) e do partido fujimorista Força Popular (24). O partido de Alva tem 16.

O presidente interino, Francisco Sagasti, considerou importante que a relação entre o Executivo (governo) e o Congresso seja mais fluida nos próximos anos, ao assegurar que as duas instituições são poderes do Estado chaves para o futuro do país.

Alva convocou os congressistas à sessão de instalação do Congresso na Legislatura 2021-2022, que será celebrada na terça-feira às 09h locais.

A posse de Castillo ocorrerá no dia em que o Peru comemora o bicentenário da independência, declarada em 28 de julho de 1821 pelo general argentino José de San Martín.

"É simbólico que uma mulher presida a Mesa Diretora (do Congresso) na comemoração do bicentenário", disse Alva.

Castillo foi proclamado presidente eleito há uma semana pelo juizado eleitoral, que demorou um mês e meio em revisar impugnações de votos e apelações antes de declará-lo o vencedor do segundo turno de 6 de junho contra a direitista Keiko Fujimori.

cm/fj/yow/mvv

Twitter

IPSOS

Notícias