PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Chile vacina 80% da população-alvo e tem menor número de casos desde março

Arquivo - Habitantes de Santiago, no Chile, circulam de máscara; estado de alerta sanitário foi prorrogado até 30 de setembro - Matias Basualdo/NurPhoto via Getty Images
Arquivo - Habitantes de Santiago, no Chile, circulam de máscara; estado de alerta sanitário foi prorrogado até 30 de setembro Imagem: Matias Basualdo/NurPhoto via Getty Images

Em Santiago

24/06/2021 03h20

O Chile confirmou 2.768 novos casos de covid-19 ontem, números que não eram registrados desde março, quando teve início um novo surto da pandemia no país, enquanto as autoridades anunciaram que 80% da população-alvo foi vacinada.

Os casos novos diminuíram 20% e 18% em todo o país nos últimos 7 e 14 dias, respectivamente, e a região de Arica e Parinacota foi a única que teve um aumento no número de infectados na última semana.

Com os dados de ontem, o balanço total desde o início da pandemia é de 1,52 milhão de infectados e 31.746 óbitos, após o registro de 56 novas vítimas.

Os casos ativos, que são as pessoas que podem transmitir a doença, também registraram uma queda significativa em relação aos últimos dias e chegaram hoje a 32.507 pacientes.

O que permanece em grande medida inalterado é o número de pacientes internados em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva), que se mantém em torno de 3,2 mil.

A taxa nacional de positividade - número de testes PCR por 100 mil habitantes - voltou a ficar abaixo de 10%, limite estabelecido pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para iniciar o controle da doença, e nas últimas horas foi de 9,3%, embora na Região Metropolitana, onde fica a capital Santiago e vivem 7 dos 19 milhões de habitantes do país, tenha subido para 11%.

A onda de infecções que o Chile protagoniza nas últimas semanas, que colocou o sistema hospitalar sob pressão e obrigou toda a capital a ser novamente confinada, ocorreu mesmo com o país tendo implantado um dos processos de imunização mais bem-sucedido contra a covid-19 no mundo, que hoje atinge 80% da população-alvo.

Isso significa que 12.199.649 pessoas, dos 15 milhões de cidadãos que podem ser vacinados, receberam pelo menos uma dose.

"Esse foi o nosso primeiro grande objetivo, e podemos dizer, missão cumprida", disse o ministro da Saúde, Enrique Paris, acrescentando que se trata de "um marco".

Nesta semana, o Chile iniciou a vacinação em adolescentes entre 12 e 16 anos, o que o governo vê como "um sinal muito importante", como disse o porta-voz do governo, Jaime Bellolio.

Além disso, o estado de alerta sanitário foi prorrogado até 30 de setembro e as fronteiras permanecem fechadas até julho.

Notícias