PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Índia aprova vacina russa Sputnik V contra Covid-19

12/04/2021 16h29

Por Nigam Prusty e Krishna N. Das

NOVA DÉLHI/MOSCOU (Reuters) - A Índia aprovou o uso da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19, disse o Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) nesta segunda-feira.

A Índia ultrapassou o Brasil e se tornou o país com o segundo maior número de infecções no mundo, depois dos Estados Unidos, à medida que enfrenta uma segunda onda da pandemia.

Até o momento, a Índia aplicou cerca de 105 milhões de doses de vacinas em uma população de 1,4 bilhão de pessoas.

O fundo russo, responsável pela comercialização da vacina no exterior, afirmou que o Controlador-Geral de Medicamentos da Índia (DCGI) aprovou o uso da Sputnik V.

"A Índia, segunda nação mais populosa do mundo, tornou-se o 60º país a registrar a Sputnik V após resultados positivos do estudo clínico local de Fase 3. A Sputnik V agora está autorizada em 60 países com população de mais de 3 bilhões de pessoas", informou uma postagem da conta oficial da Sputnik V no Twitter.

Na manhã de segunda-feira, duas pessoas familiarizadas com o assunto disseram que o painel da Organização Central de Controle de Padrões de Medicamentos (CDSCO) havia recomendado a autorização.

O fundo russo assinou acordos para produzir mais de 750 milhões de doses da Sputnik V na Índia com seis empresas indianas.

A Índia utilizou até agora duas vacinas, uma desenvolvida pela AstraZeneca e a Universidade de Oxford, e a outra pela empresa nacional Bharat Biotech.

A Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou, provou ser 91,6% eficaz contra a Covid-19.

O órgão regulador indiano de medicamentos não respondeu a um pedido de comentário sobre a aprovação do painel de especialistas para a vacina russa.

(Reportagem adicional de Rama Venkat e Shivani Singh, em Bengaluru, Polina Ivanova e Vladimir Soldatkin, em Moscou)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702))

REUTERS TR PF

Notícias