PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Ibovespa engata nova alta e encosta em 112 mil pontos; Vale recua

02/12/2020 10h27

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista buscava manter o viés positivo na abertura dos negócios desta quarta-feira, após o Ibovespa renovar máximas desde fevereiro na véspera, com o noticiário sobre vacinas ainda ocupando os holofotes.

A cena corporativa brasileira também estava no radar, com Notre Dame Intermédica avançando após precificar oferta de ações, enquanto Braskem recuava após aviso sobre interrupção de fornecimento de gás no México.

A Vale também estimou que a produção de minério de ferro da empresa em 2020 foi estimada entre 300 milhões e 305 milhões de toneladas, um número abaixo da meta projetada para o ano, o que enfraquecia as ações após novo recorde.

Às 10:21, o Ibovespa subia 0,28%, a 111.708,53 pontos. Na máxima até o momento, chegou a 111.924,56 pontos.

No exterior, o Reino Unido aprovou a vacina contra Covid-19 desenvolvida em parceria entre a Pfizer e a BioNTech e afirmou que poderá começar a ser aplicada aos mais vulneráveis na semana que vem.

Na terça-feira, o Ibovespa encerrou em alta de 2,3%, a 111.399,91 pontos, maior nível de fechamento desde 21 de fevereiro.

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

Notícias