PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Justiça do DF decide que casal dividirá guarda de gata após separação

Pixabay
Imagem: Pixabay
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/10/2020 19h08

A justiça do Distrito Federal decidiu hoje (30) que a guarda de um animal de estimação será dividida entre os seus tutores. Após separação, um casal se envolveu em uma disputa civil pela tutela de uma gata.

Katarina, nome do bichinho de estimação, terá sua guarda dividida entre Emily e Sérgio, casal que passou por um divórcio, informou uma reportagem do Globo News.

A mulher entrou na justiça para cobrar um acordo verbal feito com o ex-marido. O combinado era que a gata de nove anos passaria seis meses com Emily em Belém-PA, e seis com Sérgio em Brasília-DF.

O ex-marido recorreu da ação justificando que a ex-mulher nunca teve qualquer relação afetiva com Katarina, e que ela não havia superado o divórcio.

A justiça analisou vídeos enviados por WhatsApp e concluiu que havia relação de afeto entre a "mãe" e a gata. Se descumprir a decisão, Sérgio pode pagar multa diária de 100 reais.

Notícias