PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Itália ameaça suspender Ryanair por violar normas contra a pandemia

05/08/2020 16h06

Milão, 5 Ago 2020 (AFP) - A Autoridade Nacional de Aviação Civil da Itália (ENAC) ameaçou, nesta quarta-feira (5), a companhia aérea irlandesa Ryanair de suspender sua autorização para voos no país, devido à violação das normas de segurança impostas contra a pandemia do novo coronavírus.

A ENAC explicou em um comunicado que escreveu à Ryanair e "informou ao mesmo tempo à autoridade competente irlandesa das repetidas violações às normas de saúde contra a COVID-19 atualmente em vigor e impostas pelo governo italiano para proteger a saúde dos passageiros".

"Não só deixam de cumprir o requisito da distanciamento entre os passageiros, como também ignoram as condições que permitem manter este afastamento", afirmou a ENAC.

A companhia aérea disse à AFP que as afirmações expressas neste comunicado "são incorretas".

"A Ryanair cumpre plenamente as medidas adotadas pelo governo italiano", garantiu, afirmando aos seus clientes que "faz tudo o possível para reduzir as interações" tanto nos aviões quanto nos aeroportos.

A ENAC alertou que, se constatar uma nova violação, será obrigada a "suspender todas as atividades de transporte aéreo nos aeroportos nacionais, exigindo à companhia aérea que garanta a condução alternativa de todos os passageiros que já tiverem comprado passagens".

A Itália foi o primeiro país da Europa afetado pela pandemia, onde o novo coronavírus deixou mais de 35.000 mortos.

cco/oaa/mis/mb/aa/mvv

RYANAIR HOLDINGS PLC

Notícias