PUBLICIDADE
Topo

SUVs líderes de vendas: veja quais bombaram com PCDs e versões que micaram

Versão Sense do T-Cross, criada para clientes PCD, foi responsável por mais da metade das vendas do SUV compacto em junho - Divulgação
Versão Sense do T-Cross, criada para clientes PCD, foi responsável por mais da metade das vendas do SUV compacto em junho Imagem: Divulgação
do UOL

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

14/07/2020 16h09

Junho foi marcado pela lenta retomada das vendas de veículos, com a reabertura das concessionárias e o retorno da produção nas fábricas - seguindo os protocolos de segurança contra o coronavírus.

Dentre os SUVs, as versões específicas para clientes PCD (pessoas com deficiência) foram responsáveis por uma parcela considerável dos emplacamentos no mês passado.

Dos cinco líderes da categoria em junho, a configuração PCD foi a mais vendida de quatro modelos.

Com base em dados fornecidos pela consultoria Jato do Brasil, que discriminam os licenciamentos por versão, câmbio e motorização, apontamos a configuração mais emplacada e aquela que "micou" do quinteto: Volkswagen T-Cross, Jeep Renegade, Chevrolet Tracker, Hyundai Creta e Jeep Compass.

Volkswagen T-Cross

VW T-Cross Sense 3 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O modelo da VW foi o utilitário esportivo compacto líder em vendas no mês de junho, com 5.463 exemplares licenciados.

A versão que liderou na preferência dos consumidores foi a Sense, voltada a clientes PCD e que tem preço abaixo do teto de R$ 70 mil - elegível, portanto, à isenção total de ICMS, IPI e IPVA para este público.

Foram emplacadas 2.868 unidades do T-Cross Sense ou 52,5% do total. Essa versão é equipada com motor 1.0 turbo flex de 128 cv e câmbio automático de seis marchas.

Por outro lado, a configuração menos vendida no mês que passou foi a 200 TSI com transmissão manual de seis velocidades e a mesma motorização: com preço sugerido de R$ 90,7 mil, somou apenas 13 licenciamentos no mês que passou.

Enquanto o T-Cross traz a alternativa de câmbio manual, o recém lançado VW Nivus chegou ao mercado exclusivamente com versões automáticas - justamente por conta da baixa procura por modelos com pedal de embreagem na sua faixa de preço.

Jeep Renegade

Jeep Renegade 1.8 automático 2019 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O SUV compacto da Jeep ficou em segundo lugar no ranking de junho, acumulando 4.092 exemplares licenciados.

A versão responsável por mais da metade das vendas foi justamente a voltada a pessoas com deficiência, que acumulou 2.110 emplacamentos ou 51,6% do total. Também custa menos de R$ 70 mil.

Traz motor 1.8 flex de 139 cv e câmbio automático de seis marchas.

Já a opção menos vendida do Renegade no período foi a topo de linha Trailhawk, com somente 127 exemplares comercializados.

Essa configuração tem preço sugerido de R$ 152.990 e traz motor 2.0 turbodiesel de 170 cv e câmbio automático de nove velocidades. Também conta com tração integral sob demanda e suspensões elevadas para rodar longe do asfalto.

Chevrolet Tracker

Chevrolet Tracker PCD 2020 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

O mês passado foi o melhor da história do Tracker no Brasil em volume de emplacamentos: foram licenciadas 4.075 unidades no período, um recorde.

Contribuiu e muito o lançamento recente da nova geração do utilitário esportivo de entrada da Chevrolet.

Da mesma forma que o T-Cross e o Renegade, a versão mais emplacada do Tracker em junho foi a PCD, somando 1.385 unidades - ou aproximadamente 1/3 do total.

Essa configuração também tem preço abaixo de R$ 70 mil e dá direito a todas as isenções previstas para pessoas com deficiência.

Traz motor 1.0 turbo flex de 116 cv e câmbio automático de seis marchas.

Já o Tracker que "micou" foi justamente a versão de entrada, equipada com o mesmo motor, porém gerenciado pelo câmbio manual de seis velocidades.

Foram comercializados apenas 41 exemplares dessa configuração.

Hyundai Creta

Hyundai Creta Atitude PCD 2020 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O quarto SUV compacto mais vendido no mês que passou foi o Creta, que acumulou 3.277 emplacamentos.

A versão destinada a clientes PCD também foi a mais vendida, com 2.727 unidades, o que corresponde a nada menos do que 83% das vendas totais.

Essa opção traz motor 1.6 flex de 130 cv e transmissão automática de seis marchas.

Repetindo os três concorrentes já citados, o Creta que "micou" nas concessionárias foi o Attitude, equipado com o mesmo motor, com a diferença de trazer câmbio manual de seis velocidades.

Essa configuração teve 67 emplacamentos em junho.

Jeep Compass

Jeep Compass x Chevrolet Equinox - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

O quinto colocado no ranking de junho dentre os SUVs compactos foi o Compass, que teve 3.234 vendas no período.

Único modelo do quinteto com preços sugeridos acima de R$ 100 mil, o SUV médio não conta com uma versão específica para clientes PCD.

A configuração mais emplacada no mês passado foi a intermediária Longitude flex, equipada com motor 2.0 de 166 cv mais câmbio automático de seis velocidades. Tem preço sugerido de R$ 134.990 e tração dianteira.

Foram licenciados 1.138 exemplares dessa versão, que correspondem a 35,2% de todas as vendas do modelo no período.

A configuração Trailhawk, que traz propulsor 2.0 turbodiesel de 170 cv e tração integral, foi a que menos vendeu: foram comercializadas 116 unidades dessa versão, equipada com transmissão automática de seis marchas.

Notícias