PUBLICIDADE
Topo

Facebook remove página de livraria neofascista italiana

11/07/2020 11h02

ROMA, 11 JUL (ANSA) - Pressionado por anunciantes para conter o discurso de ódio em suas plataformas, o Facebook removeu nesta sexta-feira (10) a página de uma editora italiana ligada ao movimento neofascista CasaPound.   

A medida foi divulgada pela própria Altaforte Edizioni, cujo fundador, Francesco Polacchi, pertence ao CasaPound e que publica livros com apologia a Benito Mussolini. Segundo a editora, o Facebook removeu sua página por causa de "conteúdos que incitam ao ódio".   

"A decisão de censurar a página, sem possibilidade de réplica, é puramente política, devido ao fato de que nossa editora é soberanista e não é alinhada, posições evidentemente incômodas aos guardiães do pensamento único", disse a empresa, que prometeu acionar o Facebook na Justiça.   

Entre outras obras, a Altaforte já publicou volumes que exaltam o "testamento espiritual" de Mussolini e a "revolução fascista" e até uma versão em história em quadrinhos dos diários do ditador na Primeira Guerra Mundial.   

A legislação italiana criminaliza a apologia ao fascismo, mas geralmente pune apenas ações voltadas a tentar reconstruir o antigo partido de Mussolini, e não quem propaga seus ideais.   

Nas últimas semanas, diversas marcas de peso, como Adidas e Coca-Cola, anunciaram um boicote contra o Facebook para exigir ações contra a disseminação do discurso de ódio, aumentando a pressão para a rede social se posicionar de forma mais contundente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias