PUBLICIDADE
Topo

Flordelis vai a jogo do Flamengo e homenageia marido assassinado

A deputada Flordelis e o marido Anderson, assassinado em junho de 2019 - Reprodução/Instagram
A deputada Flordelis e o marido Anderson, assassinado em junho de 2019 Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Do UOL, em São Paulo

23/02/2020 08h12

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) homenageou ontem o marido, o pastor Anderson do Carmo, ao comparecer à final da Taça Guanabara, no estádio do Maracanã.

"Estou aqui no Maracanã sem você é muito difícil torcer mas aprendi com você uma vez Flamengo, Flamengo até morrer", escreveu a parlamentar na legenda da foto em que os dois aparecem com a camiseta do clube no estádio. O Flamengo venceu o Boavista por 2 a 1.

Anderson foi assassinado a tiros em junho do ano passado na garagem de casa, em Pendotiba, Niterói, região metropolitana do Rio. Dois filhos do casal - Lucas de Souza e Flávio Rodrigues - foram presos por suspeita de envolvimento no crime.

A investigação não descarta nenhuma pessoa próxima a ele ou que estava na cena do crime, inclusive Flordelis.

Ao menos quatro dos 54 filhos do casal (a maioria adotivos) apontam suspeitas de envolvimento da parlamentar no crime. Há relatos de suposto envenenamento do pastor e de disputas por dinheiro. Um deles disse à polícia que a mãe seria "mentora intelectual da execução de Anderson".

Ele também afirmou que Flordelis teria lhe dito "que Anderson iria morrer" e acrescentou que a deputada vinha sondando os filhos há cerca de dois anos para saber se algum deles teria coragem de executar o crime.

A parlamentar nega as acusações. Segundo ela, "todas as pessoas próximas do casal e, mesmo as mais distantes, testemunharam sempre a relação de absoluta confiança e de amor existente entre eles dois."

Notícias