Topo

AIEA pressiona Irã para que esclareça natureza de instalação suspeita

21/11/2019 12h12

Viena, 21 Nov 2019 (AFP) - A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) pressionou o Irã nesta quinta-feira para que forneça mais informações sobre uma instalação não declarada e suspeita, onde foram detectadas partículas naturais de urânio.

Em um relatório entregue na semana passada, a AIEA anunciou que havia encontrado partículas naturais de urânio, o produto das atividades humanas, em um local que não havia sido relatado como usado para realizar trabalho nuclear.

"Não recebemos informações adicionais e esse problema permanece por resolver", disse o diretor-geral interino da AIEA, Cornel Feruta, na abertura de um conselho de governadores deste órgão, sediado em Viena.

Feruta disse que os representantes da AIEA visitarão o Irã "na próxima semana" para discutir a questão em profundidade.

A recente intensificação das atividades nucleares do Irã, em resposta à restauração das sanções contra a República Islâmica pelos Estados Unidos, preocupa a comunidade internacional.

Desde maio, Teerã violou vários pontos do tratado internacional assinado em 2015 com o objetivo de garantir a natureza pacífica do programa nuclear iraniano.

bg/smk/mr/jvb/mb/cn

Notícias