Topo

Daimler pressiona ações enquanto dados levantam mais temores sobre economia

14/11/2019 08h09

Por Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias operavam em queda nesta quinta-feira, com um alerta da montadora alemã Daimler e dados econômicos sem brilho da Ásia e da Europa suplantando algumas notícias corporativas positivas.

Às 7:54 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 caía 0,16%, a 1.589 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdia 0,08%, a 406 pontos.

Dados mostraram que a economia da Alemanha evitou recessão no terceiro trimestre, mas o crescimento permaneceu próximo de zero, e as economias da Europa Central e Oriental, que dependem fortemente de sua demanda, estão enfraquecendo.

A Daimler caía cerca de 3%, após a montadora dizer que regras mais severas de emissões atingirão o balanço em 2020 e 2021, forçando a empresa a buscar mais de 1 bilhão de euros em custos de pessoal na Mercedes-Benz até o final de 2022.

Outros números desta quinta-feira mostraram que o crescimento da produção industrial da China desacelerou significativamente mais do que o esperado em outubro, e a economia do Japão praticamente estagnou.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuava 0,43%, a 7.319 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caía 0,14%, a 13.211 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,09%, a 5.912 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de 0,23%, a 23.632 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 0,05%, a 9.198 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizava-se 0,25%, a 5.280 pontos.

Notícias