Topo

Ladrões roubam EUR 2 milhões em joias de castelo na França

19/09/2019 10h21

Paris, 19 Set 2019 (AFP) - O castelo francês Vaux-le-Vicomte, ao sul de Paris, foi cenário de um roubo na madrugada desta quinta-feira e os ladrões escaparam com joias avaliadas em 2 milhões de euros.

Os criminosos, seis homens encapuzados e desarmados, invadiram pouco antes do amanhecer os aposentos privados do conde Patrice de Vogüé e da condessa Cristina, de 90 e 78 anos respectivamente, que moram neste castelo do século XVII.

Os ladrões, que amarraram o casal com gravatas, levaram esmeraldas, que estavam guardadas em um cofre, mas não levaram nenhum objeto das coleções do palácio.

"Os proprietários estão bem e o castelo segue aberto para visitas como de costume", afirmou a direção do palácio à AFP.

O castelo Vaux-le-Vicomte, conhecido como "pequena Versalhes", foi construído entre 1656 e 1661 a 50 quilômetros de Paris pelo ministro das Finanças de Luís XIV, Nicolás Fouquet.

De acordo com uma lenda, Fouquet caiu em desgraça pouco depois do fim das obras, quando organizou uma festa suntuosa e despertou a inveja do "Rei Sol", que o condenou à prisão perpétua.

Patrice de Vogüé abriu a propriedade ao público em 1968, que atualmente é dirigida pelos três filhos do casal. O castelo recebe 250.000 visitantes a cada ano.

O castelo de mais de 500 hectares foi o cenário do casamento em 2007 da atriz Eva Longoria e do jogador basquete Tony Parker.

kap-meb/age

Mais Notícias