Topo

Homem mata ex-namorada, invade igreja e assassina mais 3 pessoas em MG

2019-05-22T00:21:00

22/05/2019 00h21

São Paulo, 22 mai (EFE).- Um homem assassinou sua ex-namorada, nesta terça-feira, e em seguida entrou em uma igreja evangélica armado onde matou mais três pessoas, na cidade de Paracatu, em Minas Gerais, de acordo com informações da polícia local.

Identificado como Rudson Aragão Guimarães, de 39 anos, chegou na residência de sua mãe, onde estava a ex-namorada, no bairro de Bela Vista, e a matou com uma facada no pescoço.

Em seguida, foi até a Igreja Batista Shalom, localizada no mesmo bairro, onde disparou contra um grupo de fiéis que participavam de um culto no templo evangélico.

O suspeito matou dois idosos com disparos na cabeça e posteriormente fez uma mulher refém, e a baleou no momento da chegada dos policiais.

A fim de evitar mais ataques, a polícia disparou contra o agressor e acertando em sua clavícula. Rudson foi levado para um hospital na região e, de acordo com os primeiros relatos, ele está em estado grave.

O porta-voz da Polícia Militar, Major Flavio Santiago, disse em comunicado à imprensa local que o desempenho de uma patrulha perto do local impediu uma grande tragédia.

"Temos a informação de que ainda havia 20 pessoas no local e ele tinha seis munições intactas, se a polícia não tivesse chegado a tempo, a situação seria muito pior", afirmou o porta-voz.

Na segunda-feira, um policial civil também entrou armado em um edifício público da Secretaria de Educação, em Brasília, onde assassinou a tiros sua ex-esposa, uma funcionária pública de 43 anos, e depois se suicidou.

Estes casos acontecem em meio a polêmica no país pela flexibilização à posse, venda e porte de armas impulsionadas pelo presidente Jair Bolsonaro. EFE

Mais Notícias