Topo

Polícia de Israel prende palestino suspeito de matar israelense

09/02/2019 18h14

Jerusalém, 9 Fev 2019 (AFP) - Um palestino suspeito de matar uma jovem israelense foi preso em uma operação em Ramallah, na Cisjordânia ocupada, disse um porta-voz da polícia israelense neste sábado.

O corpo de Ori Ansbaher, 19, foi encontrado na quinta-feira à noite no sul de Jerusalém, em um setor na fronteira com a Cisjordânia, e foi enterrado na sexta-feira na colônia israelense de Tekoa.

O serviço de segurança interna israelense, o Shin Beth, revelou em um comunicado a identidade do principal suspeito do assassinato: Arafat Irfaiya, 29 anos, natural de Hebron, na Cisjordânia ocupada por Israel.

De acordo com o texto, o jovem estava indo de Hebron para outra cidade palestina, Beith Jalah, quando viu a jovem e a atacou.

O embaixador de Israel nas Nações Unidas, Danny Danon, denunciou em uma declaração a responsabilidade neste assassinato da autoridade palestina, presidida por Mahmud Abbas, de Ramallah.

"A Autoridade Palestina continua sua política de pagar salários a terroristas (...) e uma jovem de 19 anos foi brutalmente assassinada em Israel", disse o embaixador, referindo-se à ajuda financeira concedida a palestinos detidos por Israel por soldados israelenses.

Danon também pediu ao Conselho de Segurança da ONU que condene "esse assassinato bárbaro" e que "aja firmemente contra a cultura terrorista da Autoridade Palestina".

jlr/cgo/jz/cc

Mais Notícias