PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

UE aprova 12,8 milhões de euros em auxílio estatal para Alitalia

12/05/2021 17h27

BRUXELAS, 12 MAI (ANSA) - A Comissão Europeia aprovou nesta quarta-feira (12) 12,8 milhões de euros em auxílio estatal para a Alitalia na tentativa de compensar a companhia aérea pelas perdas sofridas devido à pandemia do novo coronavírus Sars-CoV-2.   

O anúncio foi pelo antitruste da União Europeia (UE) e é a quarta autorização para subsídios à Alitalia que a comissão autoriza desde o início da emergência sanitária.   

"Esta medida visa compensar a companhia aérea pelos danos sofridos em certas rotas devido ao surto de coronavírus durante o mês de janeiro de 2021", disse o comunicado oficial.   

A nova quantia eleva para mais de 310 milhões de euros o montante total de auxílios estatais aprovados pela UE a favor da Alitalia por danos causados pela pandemia no período entre março e dezembro de 2020.   

Para a UE, a decisão é proporcional e, após a análise dos danos por rota, foi concluido que "o ressarcimento não vai além do que é necessário para compensá-lo".   

A empresa pertence oficialmente à holding Compagnia Aerea Italiana (51%) e à Etihad Airways (49%), mas está sob intervenção do governo desde maio de 2017 por causa de uma crise de liquidez que a deixou à beira da falência.   

Decretos aprovados no ano passado autorizam um aporte de até 3 bilhões de euros para reestatizar a companhia aérea, que será rebatizada como "Italia Trasporto Aereo", ou ITA, mas a operação precisa do aval da União Europeia, que tem severas restrições para auxílios estatais a grupos privados.   

A Alitalia vem sobrevivendo desde 2017 graças a repasses do governo, situação que se agravou com a crise no setor aéreo provocada pela pandemia de Covid-19.   

Na nota, a Comissão Europeia acrescentou que estão em curso investigações sobre duas medidas de apoio no valor total de 1,3 bilhões de euros que a Itália concedeu à Alitalia em 2017 e 2019. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias