PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Teich, sobre cloroquina: A gente começava a ter dados de que não era eficaz

Pedro Caramuru e Matheus de Souza

05/05/2021 14h18

O ex-ministro da Saúde e médico oncologista Nelson Teich afirmou ser "errado" o uso e prescrição da cloroquina para tratamento da covid-19 a partir do momento em que se comprovou a ineficácia do medicamento no combate à doença. O remédio sem eficácia comprovada foi defendido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como tratamento para o novo coronavírus, o que, conforme afirmou Teich, contribuiu para o seu pedido de demissão do cargo de ministro em maio do último ano, menos de um mês após ter tomado posse.

"A gente começava a ter dados naquele momento de que o medicamento não era eficaz. Então, o que eu sempre recomendei era que a gente tivesse estudos clínicos para que a gente pudesse avaliar os resultados", disse Teich na tarde desta quarta-feira, 5, em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado.

"Minha posição é sempre muito objetiva e simples. Se há validade científica que mostra uso, recomenda-se, se não, não", afirmou o ex-ministro. "A partir do instante que eu tenho um dado que mostre que não funcione, o ideal é que você não continue", declarou.

Notícias