PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Super Compass: aventureira transforma seu 'carro de shopping' em SUV raiz

Katharina Brazil com seu Compass modificado para viajar a qualquer canto: "sem dúvida, é o mais preparado do mundo" - Arquivo pessoal
Katharina Brazil com seu Compass modificado para viajar a qualquer canto: 'sem dúvida, é o mais preparado do mundo' Imagem: Arquivo pessoal
do UOL

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/03/2021 04h00

A empresária Katharina Brazil, de 45 anos, é apaixonada por carros e viagens, especialmente para destinos remotos e de difícil acesso. Há cerca de três anos, ela decidiu que teria um veículo capaz de chegar a qualquer local do planeta e que permitisse fazê-lo sozinha, com toda segurança possível.

Após muita pesquisa, criatividade e preparação, tanto do carro quanto dela própria, Katharina bate no peito ao dizer que hoje é dona do Jeep Compass "mais preparado do mundo". Com o SUV, modificado em solo brasileiro com peças idealizadas por ela própria, a aventureira pretende rumar até o Alasca (EUA) no ano que vem, se a pandemia deixar.

"Não existia nada pronto, nem mesmo via importação, para adaptar o meu Compass da forma como ele está, pois é um carro de 'shopping'. Desenvolvi tudo aqui mesmo, no Brasil, com parceiros. Já me disseram que sou a única mulher que teve coragem de escolher uma viatura tão diferente para modificar do zero", conta.

Super Compass no Jalapão - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Brazil pretende ir até o Alasca e preparação envolveu viagens para locais como o Jalapão, no Tocantins
Imagem: Arquivo pessoal

Seu Compass Trailhawk 2019, equipado de fábrica com tração 4x4 e motor diesel, foi adquirido zero-quilômetro com todos os opcionais, exceto o teto solar, já com a intenção de transformá-lo para a prática de "overlanding" - termo da língua inglesa que designa aventuras terrestres feitas de forma autossuficiente, nas quais a viagem é tão ou mais importante do que a chegada.

Katharina Brazil conta que uma das primeiras customizações realizadas no Jeep foi a instalação de snorkel, peça que eleva a captação de ar do motor, para transpor áreas alagadas sem risco do temido calço hidráulico - quando a água entra no propulsor, causando graves danos.

Super Compass snorkel - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Katharina diz que snorkel do seu Compass não existia no mercado e foi desenvolvido sob encomenda
Imagem: Arquivo pessoal

Segundo ela, a peça específica para o modelo não existia na época e seu carro foi usado como "molde".

Além do snorkel, o "super Compass" Trailhawk é equipado com itens como para-choques de aço, guincho dianteiro, gancho extra de reboque traseiro, suspensões ainda mais altas, bagageiro de teto com barra de LEDs, escada lateral, proteções inferiores e pneus BF Goodrich AT 225/65 R17 todo-terrreno, importados.

Super Compass Serra da Canastra - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
'Super Compass' de empresária encara pedra e poeira na Serra da Canastra, em Minas Gerais
Imagem: Arquivo pessoal

O estepe foi movido para um suporte na tampa do porta-malas. O habitáculo, por sua vez, tem GPS específico para off-road, geladeira, cozinha móvel e sistema de comunicação por rádio. Para acampar, o Compass conta com uma barraca, instalada no teto.

Além disso, traz janelas de ventilação com mosquiteiro, instaladas no topo dos vidros laterais e nas janelas laterais traseiras, para levar sua cachorra de seis anos, companheira de muitas jornadas.

Super Compass alagamento - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Pneus lameiros, suspensões elevadas e snorkel são itens essenciais para encarar qualquer terreno
Imagem: Arquivo pessoal

Carioca e moradora da capital paulista há sete anos, Katharina explica que moveu o estepe para, futuramente, instalar sistemas de bateria com placas solares e de fornecimento de água potável, que também será usada para banho e preparação de alimentos.

Por que não o Wrangler?

Super Compass Brotas - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Preparação para jornada ao Alasca inclui treinamentos off-road como o realizado em Brotas (SP)
Imagem: Arquivo pessoal

A empresária calcula já ter gasto na preparação metade do valor que pagou pelo Jeep e afirma que, do jeito como ele está, hoje é capaz de encarar algumas situações melhor do que o Wrangler - o 4x4 "raiz" da marca norte-americana, consideravelmente mais caro do que um Compass topo de linha, como o seu.

"Posso afirmar que meu Compass vai a lugares que um Wrangler original sofreria muito para ir e, dependendo do piloto, não chegaria mesmo", crava.

Super Compass barraca - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Customização inclui estrutura para acomodar barraca no teto, escada, geladeira e até cozinha
Imagem: Arquivo pessoal

Katharina pondera que a capacidade off-road do Wrangler original de fábrica é "sem dúvida" muito maior, mas pontua que esse modelo precisaria de tanta preparação quanto o Compass para o uso que faz do veículo.

"Colocando na balança, vi menos prós do que contras do Wrangler, pois é um veículo de custo inicial muito maior, tem seguro mais caro, manutenção mais delicada e cara e disponibilidade de peças de reposição menor".

Super Compass proteção assoalho - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Para encarar terrenos mais difíceis sem danos, componentes sob assoalho têm placas de proteção
Imagem: Arquivo pessoal

Além das modificações mecânicas, a empresária participou de cursos de condução off-road e vinha realizando viagens de preparação para encarar a jornada até o Alasca. Com seu Compass "casca dura", já visitou lugares como Uruguai; Jalapão, no Tocantins; Brotas e Costão da Jureia, em São Paulo; e Serra da Canastra, em Minas Gerais.

"O mal das pessoas é não conhecer os limites pessoais e dos veículos. Por isso, minha preocupação em me preparar e preparar o carro. Antes de rumar ao Alasca, minha intenção era percorrer toda a América do Sul, porém tive de interromper a viagem, ainda no Brasil, por causa da pandemia".

Notícias