PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Em meio ao caos na saúde, Amazonas tem baixo estoque de sangue de 3 tipos

Sala de doação de sangue no Hemoam, em Manaus - Divulgação/Hemoam
Sala de doação de sangue no Hemoam, em Manaus Imagem: Divulgação/Hemoam
do UOL

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, no Recife

18/01/2021 20h38

O estoque de sangue da Hemoam (Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas) está em estado crítico com 40% abaixo do limite mínimo para três tipos no estado: B+, AB+ e O-.

Caso não haja novas doações, o fornecimento ficará comprometido a partir da quarta-feira (20) para atender doentes no estado. A situação ocorre justamente em um momento que Amazonas vive um colapso no sistema público de saúde em virtude do aumento de casos de covid-19 e o problema no abastecimento de oxigênio em hospitais.

Uma campanha foi lançada para captar doadores de sangue. Quem teve covid-19 pode doar sangue ou plasma convalescente após 30 dias do término dos sintomas da doença.

Segundo comunicado do Hemoam, o estoque de sangue dos tipos B+ e O- é o suficiente para atender a demanda de apenas um dia, e do AB+ para dois dias. O tipo B+ está com 26 bolsas disponíveis no estoque, enquanto a meta mínima é de 39 bolsas em estoque para considerarmos regular. O tipo AB+ também tem um déficit de 50%, com seis bolsas no estoque, mas é preciso ao menos de nove para sair do estado crítico. Já o tipo O- está com dez bolsas disponíveis e a meta mínima é de ter, pelo menos, 18 bolsas desse tipo no estoque.

"Lembrando que, em virtude da distribuição diária, esses números variam e são atualizados todos os dias", explicou o Hemoam. Os dados foram atualizados às 18h (horário de Brasília) de hoje.

A Hemoam informou que os tipos de sangue que estão em baixa são considerados menos comuns entre a população do Amazonas. Eles são considerados sangues "raros", pois os tipos O+ e A+ correspondem a mais de 70% da população local.

Além da tipagem sanguínea "rara", o Hemoam afirma que a pandemia do novo coronavírus afetou estoque de sangue no Amazonas. "Essa baixa no estoque é considerada comum mesmo em períodos sem pandemia, porém, considerando que há uma portaria cancelando, temporariamente, as cirurgias eletivas menos urgentes, o que dá um fôlego para os estoques do hemocentro é possível afirmar que a pandemia influencia também na baixa do estoque", explicou em nota.

Ao mesmo tempo, o Hemoam informou que o número de novos doadores aumentou. De acordo com levantamento feito no final de 2000, ao menos 10 mil pessoas doaram sangue pela primeira vez no período da pandemia em 2020. "Em outros momentos, o crescimento de doadores não passa de 1.000 novos cadastros/ano", destacou a fundação.

Por conta da baixa no estoque, o setor de captação de doadores está chamando pessoas que já doaram sangue por meio de mensagens de texto e ligações telefônicas. O chamamento ocorre de acordo com o tipo e fator RH deficientes em estoque.

Desde ontem, a Uber disponibilizou um código promocional para dar desconto de R$ 30 em duas viagens cada, para que moradores de Manaus consigam ir até o Hemoam sem custos. O usuário deve digitar o código "hemoamuber" no aplicativo de viagens para obter o desconto.

O empresário Fábio da Silva Coelho, 30, é doador de sangue e conta que estava há algum tempo sem doar. Ele aproveitou o desconto oferecido pelo app de transporte para ir ao Hemoam doar sangue.

"Sou doador há bastante tempo, por meio do projeto Vidas por Vidas, da igreja Adventista. Depois que soube da campanha da Uber, o desconto facilitou a minha doação desta manhã. Hoje não tem mais desculpa para doar sangue por conta dessa parceria. A gente precisa se conscientizar que precisamos salvar vidas e uma das maneiras é doando sangue", disse.

Coelho destacou que durante a doação se sentiu seguro, mesmo diante da pandemia, pois considera o atendimento da Hemoam "eficiente e organizado". "A doação de sangue sempre foi segura, mesmo antes da pandemia. Tive todo cuidado ao sair de casa, com uso de máscara e álcool em gel. Chegando lá, passei álcool em gel nas mãos. Não tem risco nenhum. É um gesto que todo ser humano deve fazer, caso tenha condições de doar", enfatizou.

As coletas de sangue ocorrem em Manaus na sede da Hemoam, localizada na avenida Constatino Nery, 4397, no bairro Chapada. O horário de atendimento é das 7h às 18h (horário local), de segunda-feira a sábado. Não é necessário realizar agendamento.

O posto de coleta na maternidade Ana Braga, em Manaus, está temporariamente suspenso para segurança dos doadores de sangue devido à pandemia do novo coronavírus.

Para doar sangue no Hemoam, é preciso:

  • Ter idade entre 16 e 69 anos (jovens entre 16 e 17 anos devem estar acompanhados da mãe, do pai ou do responsável pela tutela para ter a doação autorizada. Já os idosos com 69 anos devem ter feito a primeira doação de sangue antes dos 60 anos. Para doar pela primeira vez é necessário ter até 60 anos).
  • Pesar mais de 50 quilos
  • Estar saudável
  • Apresentar documento oficial com foto (RG. CNH. Passaporte, carteira de trabalho ou certificado de reservista)
  • Estar bem alimentado
  • Ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior à doação
  • Não ter ingerido bebida alcoólica por 12 horas antes da doação
  • Se é fumante, ficar duas horas antes sem fumar
  • A doação de sangue deve ter intervalo de 60 dias para homens com, no máximo, quatro doações nos últimos 12 meses. Já mulheres devem ter o intervalo de 90 dias com, no máximo, três doações nos últimos 12 meses.
  • Quem teve febre, covid-19 ou dengue deve esperar 30 dias para fazer doação de sangue

Para doar plasma

Os critérios para doação de plasma são idênticos ao processo de doação de sangue comum. Porém, para o plasma convalescente, o candidato precisa atender alguns itens específicos

  • Ser do sexo masculino
  • Ter entre 18 e 60 anos
  • Caso teve covid-19, confirmado por meio do teste RT-PCR, é preciso ter passado 30 dias após o desaparecimento total dos sintomas
  • O doador não deve ter tido hepatite B ou C, sífilis, HIV, HTLV ou doença de Chagas

A doação de plasma é realizada somente mediante agendamento pelos números (92) 3655-0270 e (92) 3655-0166.

Notícias