PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Justiça russa apreende contas e apartamento de Alexei Navalny

24/09/2020 12h11

MOSCOU, 24 SET (ANSA) - Autoridades judiciais russas determinaram a apreensão de contas bancárias e de um apartamento em Moscou do líder opositor Alexei Navalny como forma de garantir o pagamento de uma indenização ao oligarca russo Yevgeny Prigozhin.   

A decisão desta quinta-feira (24) ocorre em um momento que Navalny se recupera de um envenenamento ocorrido em 20 de agosto e foi comunicada através da conta do Twitter da assessora pessoal do opositor, Kira Yarmush.   

"Isso significa que o apartamento não pode ser vendido, doado ou hipotecado", acrescentou.   

Prigozhin foi acusado por Navalny e por sua fundação, o Fundo Anticorrupção, de estar servindo comida de baixa qualidade nas escolas de Moscou. Recentemente, um tribunal da capital considerou a acusação falsa e deu ganho de causar por calúnia e difamação, definindo uma indenização de US$ 1,2 milhão.   

Em agosto, quando o opositor ainda estava em coma no hospital, Prigozhin afirmou que iria "arruinar" Navalny e sua fundação.   

- Opac: A representação permanente da Rússia na Organização para Proibição de Armas Químicas (Opac) emitiu uma nota formal para a equipe homóloga da Alemanha na entidade para fornecer todas as informações disponíveis sobre o caso do envenenamento de Navalny em até 10 dias.   

Após passar semanas questionando a presença da substância química do grupo novichock no organismo do opositor, que foi confirmado pelos alemães e por laboratórios independentes da França e da Suécia, os russos mudaram o discurso.   

O próprio presidente Vladimir Putin chegou a dizer que o opositor teria se envenenado.   

Navalny passou mal durante um voo entre Tomsk, na Sibéria, e Moscou no dia 20 de agosto. Por conta da situação, os pilotos fizeram um pouso de emergência em Omsk, ainda na Sibéria, ele foi internado na UTI de um hospital local. Três dias depois, foi transferido para o hospital Charitè, de Berlim, onde recebeu alta nesta quarta-feira (23). (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias