PUBLICIDADE
Topo

Empresários ligados ao MBL são detidos em SP, diz MP

10/07/2020 10h47

SÃO PAULO, 10 JUL (ANSA) - O Ministério Público Estadual informou nesta sexta-feira (10) que dois empresários ligados ao Movimento Brasil Livre (MBL) foram detidos em São Paulo. A operação, que foi realizada em conjunto com a Polícia Civil e a Receita Federal, faz parte de uma investigação contra lavagem de dinheiro.   


Segundo informações do MP, foram presos na operação Alessander Mônaco Ferreira e Carlos Augusto de Moraes Afonso, mais conhecido como Luciano Ayan. Os dois empresários são investigados por lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio.   


O órgão também revelou que a família Ferreira dos Santos, fundadora do MBL, deve cerca de R$ 400 milhões em impostos federais. O MP ainda explicou que o movimento recebia "doações de forma suspeita" através de "cifras ocultas". O MP também revelou que há uma "confusão jurídica empresarial" entre o MBL e o Movimento Renovação Liberal (MRL).   


Em um comunicado, o MBL informou que os dois empresários "nunca foram membros do movimento".   


No total, estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão na operação denominada "Juno Moneta". A sede do MBL, que fica na Vila Mariana, em São Paulo, também é alvo das autoridades.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias