PUBLICIDADE
Topo

Itália desmantela esquema de imigração ilegal de pessoas

26/01/2020 14h11

TURIM, 26 JAN (ANSA) - A Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) de Turim, na Itália, desmantelou neste domingo (26) um grupo criminoso que facilitava a imigração ilegal de pessoas, entre elas algumas denunciadas por possíveis vínculos com o radicalismo islâmico.   

O líder do grupo era um tunisiano de 40 anos de idade, chamado Walid Fanni. Após ser detido na capital piemontesa, ele foi levado de volta para seu país de origem. Entre os cinco presos, quatro são da Tunísia e um outro é italiano.   

A polícia fez buscas nas residências dos membros do grupo e encontraram inúmeros documentos falsificados, que facilitavam a entrada de imigrantes ilegais em outros países da União Europeia (UE).   

Um dos imigrantes que a quadrilha facilitou a entrada na Europa é um tunisiano suspeito internacionalmente por artividades relacionadas ao terrorismo. A sua identidade, entretanto, não foi revelada pelas autoridades.   

"Ficou claro que a parceria, com a ajuda de outros compatriotas que vivem na fronteira ítalo-francesa, perto de Ventimiglia, facilitou a entrada ilegal na França de um tunisiano suspeito internacionalmente por atividades relacionadas ao terrorismo", explicaram os investigadores do caso.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias