PUBLICIDADE
Topo

China relata novos casos de vírus e causa preocupação mundial antes de feriado

Por Se Young Lee e Hallie Gu
Imagem: Por Se Young Lee e Hallie Gu

18/01/2020 14h11

Por Se Young Lee e Hallie Gu

PEQUIM (Reuters) - A China relatou mais quatro casos de pneumonia que seria causada por uma nova estirpe de coronavírus, causando preocupações cada vez maiores ao redor do mundo de que uma doença que oficiais de saúde ainda não entendem totalmente possa se espalhar durante um período chave de férias.

O novo vírus, descoberto na cidade chinesa de Wuhan, pertence à mesma família de coronavírus que inclui a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS, sigla em inglês), que matou quase 800 pessoas globalmente durante um surto entre 2002 e 2003 e que também começou na China.

Embora os especialistas digam que o novo vírus não parece ser tão letal quanto o SARS, há poucas informações sobre sua origem e o quão fácil pode ser espalhado.

Tailândia e Japão confirmaram novos casos do vírus no começo desta semana, alimentando preocupações ao redor do mundo porque 1,4 bilhão de chineses viajarão para outros países durante os feriados do Ano Novo Lunar que começa na próxima semana.

Autoridades mundiais, incluindo nos EUA, Tailândia e Coreia do Sul, reforçaram o monitoramento de turistas de Wuhan como parte de suas tentativas de evitar que a doença se espalhe.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) também alertou que um surto mais amplo é possível, embora tenha sido contra qualquer restrição de viagem à China.

Sabe-se agora que quase 50 pessoas foram infectadas globalmente, mas todas elas vivem em Wuhan ou viajaram para a cidade.

(Por Se Young Lee and Hallie Gu; Reportagem adicional de John Geddie em Cingapura, Joseph Sipalan em Kuala Lumpur, Antoni Slodkowski em Tóquio, Heekyong Yang em Seul, Lidia Kelly em Melbourne, Neil Jerome Morales em Manila, Tabieta Diela em Jacarta)

Notícias