PUBLICIDADE
Topo

Trump sobe nível de ajuda após terremoto em Porto Rico depois de impor restrições para auxílio

07/01/2020 - Porto Rico está acostumado a lidar com furacões, mas terremotos fortes como este são raros na ilha - Ricardo Arduengo / AFP
07/01/2020 - Porto Rico está acostumado a lidar com furacões, mas terremotos fortes como este são raros na ilha Imagem: Ricardo Arduengo / AFP

16/01/2020 20h12

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou nesta quinta-feira que Porto Rico está em estado de desastre após um terremoto, um dia depois de seu governo colocar mais restrições à ilha para liberar verbas de ajuda para desastres que já estão atrasadas.

A governadora de Porto Rico, Wanda Vázquez, agradeceu Trump pelo Twitter pela declaração que considera a situação como desastre, e que havia sido requisitada por ela depois de um terremoto no dia 7 de janeiro e seus abalos posteriores que causaram prejuízos e desabrigaram quase 8 mil moradores da ilha.

Parlamentares norte-americanos celebraram a declaração, que concederá a Porto Rico verbas federais adicionais para lidar com o desastre, mas pediram que o governo também libere dezenas de bilhões em verbas atrasadas que deveriam ter sido liberadas após furacões em 2017.

Trump chamou os líderes de Porto Rico de "incompetentes ou corruptos" e o Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano disse na quarta-feira que as verbas de ajuda para furacões foram retidas por preocupação de que seriam mal administradas.

Na quarta-feira, o governo Trump impôs mais restrições para liberar verbas de auxílio para desastres para a ilha, exigindo que Porto Rico submeta planos orçamentários para seu conselho de controle fiscal para rastrear para onde o dinheiro irá, segundo informou o Gabinete de Gerenciamento e Orçamento da Casa Branca ao jornal New York Times.

A Casa Branca não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Notícias