PUBLICIDADE
Topo

SoftBank vê investimentos maiores na América Latina em 2020

Vinícius Andrade

13/12/2019 18h32

(Bloomberg) -- O SoftBank Group não tem planos de desacelerar sua incursão de bilhões de dólares na América Latina.

Depois de investir entre R$ 6 bilhões (US$ 1,5 bilhão) e R$ 10 bilhões em 19 empresas na região, o conglomerado japonês planeja potencialmente menos investimentos, mas cheques maiores em 2020, disse André Maciel, sócio-gerente do SoftBank Group International, a repórteres em São Paulo.

"A gente ainda não fez as maiores transações que a gente tem em mente", disse Maciel. Ele não quis informar o valor exato investido até agora, já que alguns investimentos ainda não são públicos.

Alguns dos investimentos do SoftBank incluem a startup de entregas Rappi, com sede na Colômbia, e a fintech mexicana Clip. No Brasil, o grupo investe na plataforma de logística Loggi, na startup de academias Gympass e no banco digital Banco Inter, entre outras empresas. A gigante de tecnologia japonesa lançou um fundo dedicado a investimentos de venture capital na América Latina no início deste ano.

A expansão da empresa na América Latina está sendo comandada pelo CEO do SoftBank Group International, Marcelo Claure, que também foi nomeado recentemente como novo presidente do conselho da WeWork. Maciel, um veterano de 17 anos do JPMorgan, é um dos três executivos-chave de Claure na região e o único baseado em São Paulo.

Para contatar o editores responsável por esta notícia: Patricia Xavier, pbernardino1@bloomberg.net;Taís Fuoco, tfuoco1@bloomberg.net

Notícias