PUBLICIDADE
Topo

Chile encontra partes de corpos de passageiros de avião

Avião desapareceu na última segunda-feira - Força Aérea do Chile
Avião desapareceu na última segunda-feira Imagem: Força Aérea do Chile

Da ANSA, em Santiago (Chile)

12/12/2019 09h49

As autoridades chilenas confirmaram hoje que corpos foram encontrados na área onde o contato com a aeronave Hércules C-130, da Força Aérea do Chile, que desapareceu com 38 pessoas a caminho da Antártida, foi perdido.

A informação foi revelada pela rádio BioBio, citando o prefeito da região de Magallanes, no sul do Chile, José Fernández. De acordo com a emissora, as partes dos corpos localizadas seriam de pelo menos cinco passageiros.

A descoberta ocorreu pouco depois de o Ministério da Defesa informar que o navio polar Almirante Maximiano, da Marinha do Brasil, recolheu itens pessoais e destroços compatíveis com o avião, desaparecido desde a noite da última segunda-feira. Os restos foram encontrados flutuando no mar em Paso Drake ou Mar de Drake, em uma extensão de mar de cerca de 800 km que conecta os oceanos Atlântico e Pacífico, entre América do Sul e a Antártica.

A confirmação, no entanto, ainda não foi feita oficialmente pelas Forças Armadas, mas, segundo Fernández, a informação foi divulgada pela própria FACh.

O avião transportava 17 tripulantes e 21 passageiros, em missão de apoio logístico à base da Antártica, para revisar um oleoduto flutuante de abastecimento de combustível e realizar um tratamento anticorrosivo nas instalações nacionais no local. Os familiares de todos acompanham as buscas em Punta Arenas.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que foi informado na matéria, o avião não desapareceu no Chile. A aeronave desapareceu quando sobrevoava a Passagem de Drake.

Notícias