PUBLICIDADE
Topo

Boris Johnson pega celular e recusa ver foto de menino no chão de hospital

Boris Johnson - Getty Images
Boris Johnson Imagem: Getty Images
do UOL

Do UOL, em São Paulo

09/12/2019 19h53

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pegou o celular de um repórter que tentava mostrar ao político a foto de um garoto com suspeita de pneumonia sendo atendido no chão de um hospital.

Johnson foi questionado pelo repórter Joe Pike, da ITV News, sobre a imagem, que mostra o jovem usando máscara de oxigênio e deitado no chão. Pike pede repetidas vezes para que o premiê olhe para a foto em seu celular.

Johnson continua falando sobre suas propostas de melhora para o serviço público de saúde (NHS, na sigla em inglês) até que pega o celular de Pike e diz que o importante naquela hora era dar a entrevista.

Na sequência, o repórter pergunta o motivo do primeiro-ministro ter feito aquilo, e Johnson tira o aparelho do bolso, olha para a foto e se lamenta.

"É terrível. Eu peço desculpas à família e a todos que tenham tido experiências terríveis no NHS. Mas acredito que, no geral, os pacientes têm experiências muito melhores do que a deste pobre garoto", diz.

O vídeo do episódio foi publicado por Pike em sua conta no Twitter. "Tentei mostrar a Boris Johnson a foto de Jack Williment-Barr. O garoto de quatro anos com suspeita de pneumonia foi forçado a deitar no chão de um hospital de Leeds. O primeiro-ministro pegou meu telefone e colocou no bolso", escreveu.

Notícias