Topo

Bolívia propõe à OEA auditar 'uma a uma as atas' das eleições

22/10/2019 17h13

La Paz, 22 Out 2019 (AFP) - O governo boliviano solicitou nesta terça-feira (22) à OEA enviar "o mais rapidamente possível" uma missão técnica a La Paz para auditar "uma a uma as atas" dos votos das eleições de domingo, questionadas no país e no exterior, disse o chanceler Diego Pary.

Em carta enviada ao secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, a Bolívia está "solicitando que, o mais rapidamente possível, [a entidade] possa estabelecer uma comissão que faça uma auditoria em todo o processo de contagem oficial dos votos das eleições de 20 de outubro", disse Pary em coletiva de imprensa.

"Nos interessa como governo que todo o processo tenha a transparência necessária", insistiu.

Trata-se de que a OEA "possa elaborar uma auditoria oficial no processo eleitoral em curso, isto é, que possa verificar, que possa auditar todo o processo de contagem oficial", acrescentou.

O anúncio do chanceler se segue a uma convocação da OEA para uma sessão extraordinária de seu Conselho Permanente na quarta-feira sobre a Bolívia, onde a questionada vantagem do presidente Evo Morales nas eleições em que tenta um quarto mandato consecutivo gerou violentos protestos.

rb/fj/yow/mvv

Notícias