Topo

Nino destaca força coletiva para Fluminense não sofrer gols

15/10/2019 15h17

Por que o torcedor tricolor pode confiar na defesa para a próxima partida? O Fluminense vai enfrentar o Athletico-PR na quinta (17), no Maracanã às 21h. A equipe paranaense tem o quinto melhor ataque do Campeonato Brasileiro, com 35 gols marcados, e é o atual campeão da Copa do Brasil. Mas o tricolor vem de três jogos consecutivos sem sofrer gols e uma sequência de cinco confrontos de invencibilidade (três vitórias e dois empates).

Um dos responsáveis por segurar os ataques adversários é o zagueiro Nino, que, em entrevista coletiva nesta terça (15), analisou a mudança do sistema defensivo tricolor: "Vemos uma mudança de mentalidade de todos. Creio que não podemos atribuir o fato de não tomar gol só à zaga. Todos estão empenhados, estão se dedicando. Contamos com a ótima fase do [goleiro] Muriel, com a disposição do sistema defensivo, do pessoal lá da frente, e creio que é isso que tem feito a diferença".

Além da força coletiva destacada por Nino, um jogador chama a atenção de forma especial. Muriel, carinhosamente chamado de "Muroel" por torcedores. Com defesas extraordinárias, salva o Fluminense em partidas difíceis. O goleiro é um grande líder dentro e fora de campo.

"Para falar da importância do Muriel, tenho que falar um pouco do que vocês não veem, da liderança dele fora de campo. Há um tempo conversei com ele sobre como mudou nosso ambiente. Muriel é um cara muito pra cima, sempre disposto a ajudar os outros. Vemos o Muriel dentro de campo, tudo o que representa, mas creio que o que ele mais mudou no nosso time foi tudo o que ele faz fora de campo", afirma Nino.

Ouça na Rádio Nacional

Para o jogo contra o Athletico-PR, o Fluminense terá à disposição o volante Allan e o lateral Caio Henrique, que retornaram da seleção brasileira sub-23. Além deles, Yuri e Ganso são opções para o técnico Marcão, pois cumpriram suspensão contra o Bahia.

Para Nino, o retorno dos atletas em uma partida tão difícil é muito importante: "O Athletico-PR é um time organizado há muito tempo, com um ótimo treinador. Ele faz um trabalho lá desde o ano passado, conquistando alguns títulos e sabemos da dificuldade desse jogo. Ficamos felizes em poder contar com esses jogadores que estavam fora, nem preciso falar da importância deles para o nosso time. É muito importante estar com a equipe completa nesses momentos".

O Fluminense tem uma dúvida para o jogo contra o Athletico-PR. O zagueiro Digão tem suspeita de lesão no músculo posterior da coxa esquerda e pode desfalcar a equipe. O zagueiro sentiu um desconforto na perna logo no início do confronto com o Bahia e foi substituído. Caso não tenha condições, Frazan deve fazer dupla de zaga com Nino.

Notícias