Topo

FMI adverte contra intervenções cambiais para melhorar balança comercial

21/08/2019 11h58

WASHINGTON (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional alertou nesta quarta-feira contra governos que tentam enfraquecer suas moedas por meio de flexibilização monetária ou de intervenções no mercado, argumentando em post em blog na Internet que isso prejudica o funcionamento do sistema monetário internacional e piora a situação de todos os países.

O texto, que antecede a reunião dos bancos centrais globais esta semana em Jackson Hole, Wyoming, diz que as propostas de políticas que usam a flexibilização monetária e compras diretas de moedas de outros países têm eficiência improvável.

"Não se deve exagerar na visão de que a flexibilização da política monetária pode enfraquecer a moeda de um país o suficiente para trazer uma melhora duradoura em sua balança comercial por meio da troca de gastos. É pouco provável que apenas a política monetária induza as grandes e persistentes desvalorizações necessárias para obter esse resultado" disseram Gita Gopinath, economista-chefe do FMI, e Gustavo Adler e Luis Cubeddu, pesquisadores do FMI.

(Por David Lawder)

Mais Notícias