Topo

Investidores podem estar duvidando de efetividade de política do BCE, diz Rehn

2019-04-26T08:39:22

26/04/2019 08h39

HELSINQUE (Reuters) - Investidores podem estar duvidando da efetividade das medidas de política monetária do Banco Central Europeu para alimentar a inflação, disse nesta sexta-feira o membro do BCE Olli Rehn.

Rehn, considerado potencial sucessor do presidente do BCE, Mario Draghi, enfatizou a necessidade de continuar fornecendo estímulo à economia e juntou-se a um crescente número de autoridades ao expressar ceticismo sobre dar alívio aos bancos de uma cobrança sobre seu dinheiro parado.

O presidente do banco central da Finlândia afirmou que as expectativas de inflação persistentemente baixas podem refletir não apenas anos de aumento fraco dos preços mas também dúvidas sobre a própria política do BCE.

"Primeiramente, inflação baixa prolongada pode ter reduzido as expectativas de inflação de forma duradoura, e mesmo o fato de elas estarem facilmente sendo reduzidas", disse Rehn ao apresentar o relatório anual de seu banco central.

"Em segundo lugar, os mercados podem achar que as medidas de política monetária não são, sob as atuais circunstâncias, efetivas o suficiente para acelerar a inflação."

Ele também citou a percepção de que o BCE vai tolerar antes ficar aquém do que superar sua meta de alta dos preços, de pouco menos de 2 por cento --uma interpretação que o próprio Draghi buscou negar em sua última entrevista.

O BCE tem dito desde março que vai manter os juros em mínimas recordes até ao menos o fim deste ano, mas Rehn afirmou em uma entrevista publicada nesta sexta-feira que algumas autoridades teriam preferido prorrogar essa data ainda mais.

(Reportagem de Anne Kauranen)

Mais Notícias