PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

MSD assina acordo para ampliar fabricação de versão genérica de antiviral contra Covid-19

27/10/2021 09h19

Por Ahmed Aboulenein

WASHINGTON (Reuters) - A MSD assinou um acordo de licenciamento com a Associação de Patentes Medicinais (MPP) apoiada pela Organização das Nações Unidas que permitirá que mais empresas fabriquem versões genéricas de seu tratamento antiviral oral experimental contra Covid-19, anunciaram a farmacêutica e a organização nesta quarta-feira.

A MSD disse que o licenciamento isento de direitos de propriedade se aplicará a 105 países de baixa e média renda. Ele permite que fabricantes selecionados pela MPP produzam versões genéricas do molnupiravir, o antiviral em comprimido que a MSD desenvolveu com a Ridgeback Biotherapeutics.

A Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) está estudando conceder uma autorização de uso emergencial para o remédio, que um teste clínico mostrou reduzir pela metade o risco de doenças graves e mortes quanto administrado cedo em pacientes com Covid-19.

"Este é o primeiro licenciamento de uma tecnologia médica contra Covid-19 transparente e voluntário voltado à saúde pública", disseram MSD e MPP em um comunicado conjunto.

Empresas poderão solicitar um sublicenciamento da MPP, e o licenciamento, que também inclui transferência de tecnologia, permanecerá isento de direitos de propriedade enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificar a pandemia como uma "Emergência de Saúde Pública de Relevância Internacional", disse o comunicado.

No início deste ano, a MSD assinou acordos bilaterais de licenciamento com oito fabricantes de genéricos da Índia, incluindo as farmacêuticas Aurobindo Pharma, Cipla Ltd, Dr. Reddy's Labs, Emcure Pharmaceuticals, Hetero Labs, Sun Pharmaceuticals, e Torrent Pharmaceuticals.

O acordo com a MPP amplia a base manufatureira para além destas empresas. Recentemente, a MPP disse à Reuters que 24 empresas expressaram interesse em produzir o medicamento.

"Sabíamos há muito tempo que iríamos querer diversificar o perfil geográfico de nossos parceiros de genéricos, de forma que não somente tivéssemos fornecedores de genéricos na Índia, mas também em outras geografias", disse Paul Schaper, diretor-executivo de política pública global da MSD, em uma entrevista.

A Fundação Bill & Melinda Gates disse na semana passada que gastará até 120 milhões de dólares para impulsionar o desenvolvimento das versões genéricas do molnupiravir para ajudar a fazer com que países de renda menor tenham acesso igual ao remédio.

Notícias