PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

EUA apreendem petroleiro que teria burlado sanções contra Coreia do Norte

30/07/2021 21h35

Washington, 31 Jul 2021 (AFP) - Um tribunal federal dos EUA ordenou nesta sexta-feira a apreensão de um petroleiro suspeito de realizar entregas à Coreia do Norte e burlar as sanções dos EUA contra Pyongyang.

O M/T Courageous fez transferências de produtos petrolíferos para embarcações de bandeira norte-coreana e entregas no porto norte-coreano de Nampo, informou em comunicado o Departamento de Justiça dos EUA, citando documentos incluídos no expediente judicial.

A decisão de um juiz federal de Nova York de apreender o navio significa que o governo dos Estados Unidos passa a ser o dono do petroleiro, com capacidade de 2.734 toneladas. O ex-proprietário e operador do navio, um cidadão de Singapura chamado Kwek Kee Seng, é procurado pelas autoridades americanas por cumplicidade em lavagem de dinheiro.

"Kwek e seus cúmplices estão envolvidos em um amplo sistema para contornar as sanções dos EUA e da ONU ao usarem embarcações sob seu controle para contrabandear combustível à Coreia do Norte, proporcionando um recurso vital para o governo de Pyongyang", argumentou o Departamento de Justiça.

O M/T Courageous teria sido comprado com dólares que passaram por bancos americanos "sem o seu conhecimento", assinala o texto. O Camboja, onde o navio estava ancorado, apreendeu o mesmo em março de 2020, a pedido dos Estados Unidos.

A economia da Coreia do Norte é duramente afetada pelas sanções internacionais impostas há anos em resposta aos seus programas militares proibidos, incluindo o nuclear. No fim de junho, o representante especial dos Estados Unidos para a Coreia do Norte pediu aos membros do Conselho de Segurança da ONU que apliquem estritamente as resoluções contra Pyongyang, destinadas a limitar as importações norte-coreanas de petróleo e suas exportações, principalmente de carvão, têxteis e pescado.

rle/vgr/dg/rsr/lb

Notícias