PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Homem morre atropelado em desfile do orgulho LGBTQIA+ nos EUA

20/06/2021 11h19

Washington, 20 Jun 2021 (AFP) - O motorista de uma van atropelou várias pessoas que participavam de um desfile do orgulho LGBTQIA+ no sábado (19) no sul da Flórida, Estados Unidos, deixando um morto e um ferido, informaram as autoridades.

Embora a van parecesse participar do desfile, não ficou claro de imediato se o incidente foi um ataque deliberado ou um acidente. O policial Ali Adamson disse em coletiva de imprensa que todas as possibilidades estão sendo avaliadas.

O incidente ocorreu no começo do desfile LGBTQIA+ na cidade de Wilton Manors, perto de Ft. Lauderdale. A van branca estava alinhada com outros veículos para o desfile quando acelerou e atropelou os pedestres antes de bater em um jardim, disse a Local 10 News.

O motorista foi logo detido.

Dois homens foram levados a um centro médico e um deles morreu depois, disse Adamson. O outro permanece hospitalizado, mas deve sobreviver, acrescentou.

O motorista e as vítimas são membros do Coro de Homens Gays de Fort Lauderdale, segundo um comunicado do presidente do grupo, Justin Knight, que classificou o ocorrido como um "acidente infeliz".

"Nossos pensamentos e orações estão com os afetados pelo acidente infeliz que aconteceu quando começava o Desfile do Orgulho de Stonewall", acrescentou.

"Nossos colegas do Coro ficaram feridos e o motorista também faz parte da família do Coro. Até onde eu sei, isso não foi um ataque contra a comunidade LGBTQIA+. Antecipamos que haverá mais detalhes e pedimos o amor e o apoio da comunidade".

O prefeito de Fort Lauderdale, Dean Trantalis, que estava no desfile, disse a uma emissora local que pensava que o acidente foi "deliberado".

Depois o classificou como "um ataque terrorista contra a comunidade LGBTQIA+" e afirmou que a van mirou no carro da congressista democrata Debbie Wasserman Schultz, que estava aguardando para participar do desfile, mas não alcançou seu objetivo.

Wasserman Schultz disse no Twitter que estava "profundamente comovida e devastada pela perda de uma vida" e que tanto ela como sua equipe estavam a salvo.

Após o incidente, o ll Departamento de Policía de Wilton Manors disse no Twitter que o público não estava em perigo. Apesar de o desfile ter sido cancelado "devido a um incidente trágico", os outros eventos do festival continuarão, acrescentou.

dw/qan/dg/lda/yow/aa

Notícias