PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Paraguai recebe mais 40 mil doses da vacina russa Sputnik V

14/05/2021 22h25

Assunção, 14 mai (EFE).- O Paraguai recebeu nesta sexta-feira 40 mil doses da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19, somando-se as 24 mil que chegaram ao país há duas semanas, com as quais as autoridades sanitárias esperam dar continuidade à campanha de vacinação.

O país comprou 1 milhão de vacinas do Fundo Russo de Investimentos Diretos (FIDR), que ainda precisa entregar 936 mil doses para completar o contrato.

A Rússia enviou um carregamento de 4 mil doses da Sputnik V em fevereiro, permitindo ao Paraguai iniciar seu plano de vacinação com profissionais da saúde.

Embora uma quantidade pequena, representou um pequeno alívio para o país diante dos atrasos nas entregas do mecanismo Covax, da Organização Mundial da Saúde (OMS), com o qual o Paraguai comprou 4,3 milhões de doses. O segundo lote da Sputnik V chegou em abril, com mais 20 mil.

O Paraguai teve dificuldades de acesso ao mercado de vacinas e conseguiu avançar com o plano de imunização graças a doações de outros países como Chile, Emirados Árabes Unidos e Índia.

Aos poucos, o mecanismo Covax também entregou lotes de vacinas e, até o momento, já chegaram ao país 170,4 mil doses.

Outras 134,4 mil doses serão adicionadas em breve, completando uma alocação inicial de 304,8 mil das 4,3 milhões de doses adquiridas desse mecanismo.

O Paraguai também espera receber no futuro doses do Catar, Emirados Árabes Unidos e Índia.

No entanto, as autoridades do país adotaram uma posição cautelosa ao falar sobre a chegada das vacinas, uma vez que as entregas foram adiadas várias vezes.

Além disso, aguarda-se também o envio de duas toneladas de materiais e suprimentos médicos doados pela Espanha para melhorar a situação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Até o momento, segundo dados do Ministério da Saúde, 189.585 pessoas receberam pelo menos uma dose.

O Paraguai, com pouco mais de 7 milhões de habitantes, acumula desde março de 2020, 307.457 casos e 7.427 mortes por Covid-19.

Notícias