PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Pela primeira vez, mulher dirige os serviços secretos na Itália

12/05/2021 16h58

Roma, 12 Mai 2021 (AFP) - O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, nomeou nesta quarta-feira (12) a diplomata de carreira Elisabetta Belloni como encarregada dos serviços secretos, tornando-a a primeira mulher a ocupar esse cargo.

Belloni, de 62 anos, vai chefiar o Departamento de Informação para Segurança (DIS), no lugar de Gennaro Vecchione, segundo nota oficial.

O DIS supervisiona as atividades dos órgãos de segurança e informação, nacionais e estrangeiros, que se ocupam principalmente da contraespionagem.

Belloni ocupou vários cargos de prestígio no Ministério das Relações Exteriores, antes de ser nomeada secretária-geral dessa pasta em 2016.

Em meados da década de 2000, chefiou a Unidade de Crise do Ministério, responsável pelas operações relativas a italianos feitos reféns, feridos ou mortos no exterior, em ataques ou desastres naturais.

Entre seus esforços, enfrentou negociações para a libertação da jornalista Daniele Mastrogiacomo, do jornal La Repubblica, sequestrada no Afeganistão em 2007, e coordenou as primeiras buscas de italianos desaparecidos durante o tsunami na Tailândia em dezembro de 2004.

Em 2018, seu nome foi citado pela imprensa italiana para liderar um eventual governo de tecnocratas, quando os partidos políticos não conseguiam chegar a um acordo depois dos legislativos.

glr/mis/mb/jc/mvv

Notícias