PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Baleias ameaçadas de extinção 'se abraçam' no Oceano Atlântico; veja

Baleias-francas-do-atlântico-norte são vistas "se abraçando" em vídeo capturado por drone - Reprodução/CBS Boston
Baleias-francas-do-atlântico-norte são vistas 'se abraçando' em vídeo capturado por drone Imagem: Reprodução/CBS Boston
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/05/2021 17h02Atualizada em 12/05/2021 17h02

Duas baleias-francas do Atlântico Norte foram filmadas por um drone em uma cena tocante, na qual parecem estar "se abraçando". A gravação dos mamíferos marinhos, de nome científico Eubalaena glacialis, foi feita em 28 de fevereiro, no Oceano Atlântico, próximo à baía de Cape Cod, nos Estados Unidos.

Segundo levantamentos da organização NARWC, exclusivamente dedicada à preservação deste tipo de baleia, atualmente existem menos de 400 exemplares delas, que estão gravemente ameaçadas de extinção.

As imagens feitas em fevereiro, que viralizaram apenas agora, são de autoria do fotógrafo de vida selvagem Brian Skerry, em parceria com cientistas do Instituto Oceanográfico de Woods Hole e do Aquário de Nova Inglaterra, ambos em território americano.

No vídeo, é possível ver as duas gigantes do oceano interagindo ao encostarem as nadadeiras uma na outra, em um movimento que lembra um abraço.

É provavelmente a primeira vez que um comportamento do tipo é gravado por cientistas, já que esses gestos são raros, segundo a estação WLFA.

"Os pesquisadores viram o que pareciam ser baleias se abraçando com suas nadadeiras, o que é tecnicamente descrito como 'barriga com barriga'. [Isso] talvez mostre afeto e tentativas de acasalamento", explicou a equipe de pesquisa, em um comunicado.

As baleias-francas do Atlântico Norte estão entre os animais mais ameaçados do planeta, de acordo com a NOAA (Administração Nacional Oceânica e Atmosférica), dos EUA.

Embora no início da década de 1890 baleeiros comerciais tenham caçado intensamente esses animais, deixando-os à beira da extinção, hoje em dia o grupo de baleias remanescente sofre mais com acidentes causados por intervenção humana, ficando presas em equipamentos de pesca ou colidindo com navios.

"O aumento dos níveis de ruído no oceano devido às atividades humanas também é uma preocupação, uma vez que o ruído pode interferir na comunicação das baleias-francas-do-atlântico-norte e aumentar seus níveis de estresse", cita o site da NOAA.

Notícias